domingo, 31 de março de 2013

Dele pra ela

Eu confesso...eu olhava pras outras meninas mesmo. Pensava em ficar com elas sim. Dava em cima de algumas quando tinha oportunidade...
Mas eu também confesso que era em vc que eu pensava quando ia dormir e quando acordava. Era em vc que eu estava pensando quando dava aquele sorriso bobo no meio da tarde. Era com vc que eu realmente queria ficar, no fim das contas...
É sério. Eu estava feliz com vc.
Mas eu sei que a minha primeira confissão já estragou tudo.
Não digo que estraguei minha vida ou algo assim. Mas sei que pisei na bola. E estraguei o que poderia ser perfeito se eu soubesse dar valor a voce, ao que eu sentia, a nós.
Hoje estamos separados. E vc continua linda. E as vezes eu ainda dou aquele sorriso bobo pensando em vc. Mas não estamos juntos...
Enfim,  eu confesso que sei estragar sentimentos...
                                                          o seu e o meu.



Hoje em caminhos diferentes... amanhã quem sabe.

Laís Prudente de Andrade
Março/2013

quinta-feira, 14 de março de 2013

Coisa estranha é se apaixonar.

Coisa estranha demais!
Pensa que esquisito. Você conhece um monte de gente todos os dias, fica com uns de vez em quando (ou nao hahah) e do nada apaixona-se por um.
De repente vc pensa na pessoa o tempo todo, quer compartilhar tudo com ela, ri sozinho lembrando dela... e ainda tem aquele momento que vc pensa "Putz, me ferrei! To apaixonado"!
Alguém que nem passava na sua cabeça há pouco tempo agora domina os seus pensamentos.
E quando estão juntos? Ah que delícia é trocar carícias quando se gosta. Parece que vem de dentro... e a gente sente essa diferença.
A questão é: por que aquela pessoa? Pessoas bonitas, inteligentes, gente boa, de bom caráter, trabalhadoras, animadas... tem aos montes! Sério! Conheço várias! Tenho amigas assim solteiras, se vc se interessar hahaha Mas por que aquela pessoa em especial? Química? Não, cara! Vc tem muita química com aquele outro e nunca se apaixonou por ele!
Qual é o mistério?
Eu sei que as pessoas são únicas. Cada um tem suas singularidades... mas vem cá, quando vc se apaixonou aquela última vez foi pq? O que ele tinha de especial? O que ela fazia de diferente? Será que não existiam outras pessoas ao redor com aquela mesma característica, mas que sequer te chamaram a atenção?
Eu sei que tinham. Mas não era ELE! Não era ELA!
Então..
   Feitiço, só pode!!! hahaha

Laís Prudente de Andrade, 14/03/2013