domingo, 7 de agosto de 2011

Passa... sempre passa...


O tempo é um cara bom.
Te paga mil cervejas.
Te leva a mil baladas.
Te mostra que a vida é bem parecida com o paraíso.
Te faz esquecer todos os insultos que a tal da vida te oferece.
Te faz esquecer as amizades falsas, os amores impossíveis e os projetos indestrutíveis.
Te faz achar que as bobagens foram aprendizados.
E que os aprendizados foram fáceis.

Mas às vezes o tempo resolve ser "do contra".
E quando vc acha que deveria esquecer, ele te leva a lembrar.
E quando vc acha que ele deveria lembrar, ele só o faz esquecer.
É o tal do tempo que esfria o que não devia.
Que leva a dar desculpas daquele tipo "você é demais pra mim" que só significam "eu mudei o que eu quero e não é mais essa 'você' ".
O tempo que te traz lembranças não tão boas.
Que te faz questionar as ações atuais de uma interrogação antiga.

Mas esse é o tempo.
Aquele que sempre passa...
Bom ou ruim...
É só o tempo...
só ele pra consertar, só ele pra destruir...

Laís Prudente de Andrade
Agosto/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário