domingo, 24 de julho de 2011

Intensidade

Aparece do nada. E quando eu menos percebo estou me importando demais.

Mas, da mesma forma, desaparece do nada. E eu percebo que não faz a mínima diferença.


Bom, neh!?


Laís Prudente de Andrade
Julho/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário